O meu nome é Anabela. Fui associada fundadora da FENIKS (na altura Conceitos do Mundo), no dia 8 de Março de 2013, Dia Internacional da Mulher. Penso que o que me inspirou a fazer parte de uma Organização de Direitos Humanos foi o meu passado e a minha família.

Nasci numa família em que a minha mãe tem uma paralisia, o meu pai um problema na fala, e o meu irmão um problema de audição. Eu? Eu ando demais, corro demais, falo demais, ouço demais, penso demais e sinto demais.

É sempre difícil falar sobre nós com isenção, partilho aqui as notas biográficas e de percurso que partilho com os meus clientes:

Viajei por muitos países, cerca de 50 à data de hoje e conheci muitas pessoas e muitos lugares. Aprendi com todas as pessoas que observei e com todas as pessoas com quem conversei.

Trabalhei com mais permanência em Portugal, na Bélgica, nos EUA e em Angola. Hoje trabalho na área da gestão de pessoas (recursos humanos), na área da formação como formadora (área que gosto particularmente), coaching (área que acredito muito) e mentoring. E escrita, adoro escrever.

Assumi diferentes funções e colaborei com empresas em diferentes estados de maturação, quer em ambiente nacional, quer internacional.

Desempenhei funções relacionadas com: gestão do talento e tarefas inerentes; gestão de recursos humanos em sentido lato e formação e desenvolvimento.

A nível académico, estudei direito na Universidade de Coimbra (e trabalhei cerca de 6 anos na mesma Universidade), mas foi em Psicologia e no Porto que encontrei a minha verdadeira vocação.

Sou certificada em Coaching, em PNL e estudo todos os dias mais um pouco, vejo mais um pouco, ouço mais um pouco para poder ser mais cultivada e consciente.

Costumo dizer às crianças que formo enquanto voluntária em educação para os direitos humanos: quando mais soubermos, quanto mais conhecemos e sentimos, menos somos enganados.

Enfrento cada dia e todos os dias com uma enorme alegria que penso que é muito simples de ver e de sentir!

Pode conhecer-me melhor no meu website profissional. Obrigada!

Artigos que Recomendamos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *